Radiculopatia Cervical

Cervical Radiculopathy (Pinched Nerve)

Some people have neck pain that may radiate into the shoulder and arm. This type of pain is often caused by an injury near the root of a spinal nerve. A nerve root injury is sometimes referred to as a “pinched” nerve. The medical term for this condition is cervical radiculopathy.

Understanding your spine and how it works can help you better understand cervical radiculopathy. Learn more about your spine: Spine Basics

Cause

As disks age, they lose height and begin to bulge. They also lose water content and become stiffer.

(Left) Side view of a healthy cervical vertebra and disk. (Right) A disk that has degenerated and collapsed.

As the disks lose height, the vertebrae move closer together. The body sees the collapsed disk as a possible weak area and responds by forming more bone — called spurs — around the disk to strengthen it. The bone spurs that form also contribute to the stiffening of the spine. Bone spurs may also narrow the area of the foramen and pinch the nerve root.

The disk changes that occur with age are often called arthritis or spondylosis. It is important to keep in mind that all these changes are “normal” and they occur in everyone. In fact, if MRI scans were performed on all people aged 50 or older, nearly half of the scans would show worn disks and pinched nerves that do not cause painful symptoms. It is not known why some patients have symptoms and others do not.

Top of page
Symptoms

Cervical radiculopathy pain travels down the arm in the area of the involved nerve. Pain is usually described as sharp. There can also be a “pins and needles” sensation or even complete numbness. In addition, there may be a feeling of weakness with certain actvities.

Symptoms can be worsened with certain movements, like extending or straining the neck or turning the head. These symptoms are often made better by placing the hand on the head and stretching the shoulder.

Top of page
Doctor Examination

After discussing your medical history and symptoms, your doctor will examine your neck. This will include testing your strength and sensation as well as reflexes. Your doctor may also have you do certain neck and arm movements to try to recreate or relieve your symptoms.

Top of page
Tests

X-rays

X-rays can show the alignment of bones along the neck. They can also show any narrowing of the foramen and disks.

Computed tomography (CT)

CT scans show the bones of the neck in finer detail. Bone spurs can be seen with CT, especially spurs near the foramen.

Magnetic resonance images (MRI)

An MRI of the neck can show if nerve compression is caused by soft tissue, such as a bulging disk and herniations. MRI can also show the appearance of the spinal cord and nerve roots.

Electromyelography

Electromyography and nerve conduction studies may be able to help show the difference between symptoms caused by pressure on spinal nerve roots and nerve damage caused by other ailments, such as diabetes.

Top of page
Treatment

It is most important to note that the majority of patients with cervical radiculopathy get better with time and never need surgery, or even any treatment at all.

Some patients will have the pain go away quickly over days to weeks, while others take longer. It is also not uncommon for cervical radiculopathy to come back at some time in the future, but again, this problem usually gets better without any specific treatment. Some patients do develop persistant symptoms and require evaluation and treatment for the arm pain or weakness.

Nonsurgical Treatment

If you are not getting better, your surgeon will recommend a course of treatment. Treatment for radiculopathy starts with nonsurgical options.

Soft Collars. Soft collars allow the muscles of the neck to rest and limit neck motion. This can help decrease pinching of nerve roots with movement. Soft collars should only be worn for short periods of time, because long-term wear can decrease the strength of neck muscles.

Physical Therapy. Physical therapy can help with neck muscle stretching and strengthening. Sometimes, traction is also used.

Medications.

  • Nonsteroidal anti-inflammatories (NSAIDS). These include drugs like aspirin and ibuprofen, and may be helpful if the arm symptoms are from nerve swelling.
  • Oral corticosteroids. A short course of oral corticosteroids may also help reduce swelling, as well as pain.
  • Narcotics. These medications are reserved for patients with severe pain that is not relieved by other options. Narcotics are usually prescribed for a limited time only.
  • Spinal injections. Sometimes, an injection of steroids can be placed near where the nerve is being pinched. This takes advantage of the anti-inflammatory effects similar to oral steroids. The injection may be placed between the laminae (epidural steroid injection), in the foramen (selective nerve injection), or into the facet joint.While steroid injections do not take the pressure caused by a narrow foramen or herniated disk off the nerve, they may lessen the swelling and relieve the pain enough to allow the nerve to recover with more time.

Surgical Treatment

There are several surgical procedures for radiculopathy. The procedure that is right for you will depend on many factors, most importantly the type of problem you have.

Learn more about surgery and radiculopathy: Surgical Options for Cervical Radiculopathy (Pinched Nerve).

Radiculopatia cervical (nervo comprimido)

Algumas pessoas têm dor de garganta que pode irradiar para o ombro e braço. Este tipo de dor é muitas vezes causada por um ferimento perto da raiz de um nervo espinhal. A lesão da raiz nervosa é muitas vezes referida como um nervo “beliscou”. O termo médico para esta condição é radiculopatia cervical.

Compreender a sua coluna e como ele funciona pode ajudar você a entender melhor radiculopatia cervical. Saiba mais sobre a sua coluna: Coluna Fundamentos

Causar

Como os discos envelhecem, perdem altura e começam a inchar. Eles também perdem o teor de água e tornar-se mais rígida.

(Esquerda) Vista lateral de uma vértebra cervical saudável e disco. (Direita) Um disco que se degenerou e desabou.

Como os discos de perder altura, as vértebras se aproximam. O corpo vê o disco desabou como um possível ponto fraco e responde por formação de mais osso – chamado Spurs – em torno do disco para fortalecê-la. Os osteófitos que se formam também contribuem para a rigidez da coluna vertebral. Osteófitos também pode limitar a área do forame e comprimir a raiz do nervo.

As mudanças no disco que ocorrem com a idade, são freqüentemente chamados de artrite ou espondilose. É importante ter em mente que todas essas mudanças são “normal” e ocorrem em todos. Na verdade, se exames de ressonância magnética foram realizados em todas as pessoas com 50 anos ou mais, quase a metade dos exames iria mostrar discos usados ​​e nervos comprimidos que não causam sintomas dolorosos. Não se sabe por que alguns pacientes têm sintomas e outros não.

Sintomas

Dor radiculopatia cervical desce o braço na área do nervo envolvido. A dor é geralmente descrita como aguda. Também pode haver um “formigueiro” sensação de dormência ou mesmo completa. Além disso, pode existir um sentimento de fraqueza, com certas actvities.

Os sintomas podem ser agravados com certos movimentos, como estender ou esticar o pescoço ou virar a cabeça. Estes sintomas são muitas vezes feitas melhor, colocando a mão sobre a cabeça e esticar o ombro.

Exame médico

Depois de discutir o seu historial médico e os sintomas, o médico irá analisar o seu pescoço. Isso irá incluir o teste a sua força e sensação de bem como reflexos. Seu médico também pode ter de fazer alguns movimentos do pescoço e braço para tentar recriar ou aliviar seus sintomas.

Testes

Raios X

Os raios X podem mostrar o alinhamento dos ossos ao longo do pescoço. Eles também podem mostrar qualquer estreitamento do forame e discos.

A tomografia computadorizada (CT)

Tomografias mostram os ossos do pescoço em detalhe mais fino. Osteófitos pode ser visto com CT, especialmente estimula perto do forame.

Imagens de ressonância magnética (MRI)

Uma ressonância magnética do pescoço pode mostrar se a compressão do nervo é causada por um tecido macio, como um abaulamento disco e hérnias. RM pode também mostrar a aparência da medula espinal e das raízes nervosas.

Electromyelography

Eletromiografia e estudos de condução nervosa pode ser capaz de ajudar a mostrar a diferença entre os sintomas causados ​​pela pressão sobre as raízes nervosas da coluna e danos nos nervos causados ​​por outras doenças, como a diabetes.

Tratamento

É muito importante notar que a maioria dos pacientes com radiculopatia cervical melhoram com o tempo e não precisa de cirurgia, ou mesmo qualquer tratamento.

Alguns pacientes terão a dor ir embora rapidamente ao longo de dias ou semanas, enquanto outros demoram mais. Também não é incomum para radiculopatia cervical para voltar em algum momento no futuro, mas, novamente, esse problema geralmente fica melhor sem qualquer tratamento específico. Alguns pacientes não apresentam sintomas persistentes e requerem avaliação e tratamento da dor no braço ou fraqueza.

Tratamento não-cirúrgico

Se você não está recebendo o melhor, o seu médico irá recomendar um curso de tratamento. O tratamento para radiculopatia começa com opções não cirúrgicas.

Coleiras macio. Colarinhos moles permitir que os músculos do pescoço para descansar e limitar o movimento do pescoço. Isso pode ajudar a diminuir a compressão de raízes nervosas com movimento. Colarinhos moles só devem ser usados ​​durante períodos curtos de tempo, porque o desgaste a longo prazo pode reduzir a força dos músculos do pescoço.

Fisioterapia. Fisioterapia pode ajudar com músculo do pescoço de alongamento e fortalecimento. Por vezes, a tracção é também utilizado.

Medicamentos.

  • Anti-inflamatórios não-esteróides (AINEs). Estes incluem medicamentos como aspirina e ibuprofeno, e pode ser útil se os sintomas do braço são de inchaço do nervo.
  • Corticosteróides orais. Uma breve curso de corticosteróides orais também podem ajudar a reduzir o inchaço, bem como a dor.
  • Narcóticos. Estes medicamentos são reservados para pacientes com dor severa que não é aliviada por outras opções. Entorpecentes são geralmente prescritos apenas por um período limitado.
  • Injeções espinhal. Às vezes, uma injeção de esteróides pode ser colocado perto de onde o nervo está sendo comprimido. Isso leva vantagem sobre os efeitos anti-inflamatórios semelhantes aos esteróides orais. A injeção pode ser colocado entre as lâminas (injeção esteróide epidural), no forame (injeção nervo seletiva), ou na junção da faceta.Enquanto injeções de esteróides não tirar a pressão causada por um forame estreito ou hérnia de disco fora do nervo, que pode diminuir o inchaço e aliviar a dor o suficiente para permitir a coragem de se recuperar com mais tempo.

Tratamento Cirúrgico

Existem vários procedimentos cirúrgicos para radiculopatia. O procedimento que é certo para você vai depender de muitos fatores, sobretudo o tipo de problema que você tem.

Saiba mais sobre a cirurgia e radiculopatia: Opções cirúrgicas para radiculopatia cervical (nervo comprimido)

 

Leave a Reply